top of page
  • Foto do escritorEster Fernandes-Da Silva

O QUE SIGNIFICA PERDOAR?

Atualizado: 24 de abr.




Todos nós fomos feridos de uma forma ou de outra, de várias maneiras e em diferentes graus, emocionalmente, mentalmente, espiritualmente ou fisicamente. No entanto, o que realmente significa perdoar aqueles que pecaram contra nós? 

Para entender melhor o perdão, vamos olhar para Aquele que nos perdoou primeiro. Quando Deus nos perdoa, Ele não mais nos condena porque Jesus Cristo pagou a dívida necessário a Deus por nossos pecados através de sua morte na cruz. Pois "Nele, temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riqueza da graça de Deus" (Efésios 1:7). Porque a redenção traz consigo o perdão dos nossos pecados e a graça ilimitada de Deus, Ele não mais nos condena. O perdão de Deus para conosco é tão completo que Ele escolhe esquecer nossas transgressões, "Porque serei misericordioso para com suas iniquidades, e de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais" (Hebreus 8:12).

Assim como Deus nos perdoa, devemos perdoar nossos devedores, "perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores" (Mateus 6:12). Perdoar como nosso Pai celestial é não mais reter o pecado contra a pessoa que pecou contra nós. "É DEIXAR IR OU LIBERAR" alguém de sua dívida sem exigir pagamento.


O perdão não está ligado às emoções, mas é um mandamento, um ato da vontade.

O perdão é um ato consciente e intencional de compaixão e misericórdia.

Perdoar é permitir que aquele que lhe deve ande livremente.


Não concedemos perdão porque a pessoa que nos machucou merece perdão. A verdade é que nenhum de nós merecemos ser perdoado. 

 

Isso significa que o infrator não enfrentará consequências?

            Perdoar alguém não significa que o infrator não enfrentará consequências por suas ações. Podemos ver isso em nossas vidas e na Escritura. Por exemplo, se você roubar de alguém e se arrepender, Deus está pronto para perdoá-lo. No entanto, quando essas ofensas envolvem atividades criminosas, elas devem ser relatadas às autoridades que Deus ordenou para nos proteger (Romanos 13:1-7). Deus está sempre pronto para perdoar aqueles que se arrependem de seus pecados. No entanto, ao lidar com esses tipos de atividades, os perpetradores estão à mercê da lei.

Além disso, toda ofensa é um pecado contra Deus. Ele perdoará nossos pecados se nos arrependermos, mas Ele não remove as consequências de nossas ações. Podemos ver

isso na vida do Rei Davi quando ele pecou com Bate-Seba. O Senhor o perdoou e afastou seus pecados. No entanto, Ele disse a Davi por meio de Natã: "Não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste" (2 Samuel 12:10). Deus perdoou Davi por seu pecado com Bate-Seba, mas esse pecado teve consequências severas que o seguiram pelo resto de sua vida.

A beleza de nossa vida cristã é que temos o Espírito Santo dentro de nós, capacitando-nos a estender o mesmo perdão que Cristo nos deu aos outros. O perdão é possível. Podemos e devemos perdoar aqueles que pecaram contra nós, assim como nosso Pai celestial nos perdoou.

4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page