top of page
  • Foto do escritorEster Fernandes-Da Silva

SEU CÉREBRO NA PORNOGRAFIA: 3 MANEIRAS QUE A PORNOGRAFIA AFETA O CÉREBRO.

Atualizado: 19 de mar.

Com o rápido crescimento da tecnologia e o aumento da acessibilidade dos dispositivos eletrónicos, a disponibilidade infinita da pornografia está na ponta de seus dedos. Muitos estudos e exames tomografico cerebrais chamado SPECT mostraram que o consumo da pornografia altera fisicamente o cérebro. Essas mudanças afetam o cérebro como uma droga viciante e podem mantê-lo preso à pornografia pelo resto da vida.


O Córtex pré-frontal, as Pastilhas de Freio

Esta parte do cérebro é responsável pelo planejamento, decisões e autocontrole.

Responsável pelo o planejamento, decisões e autocontrole
Córtex Prefrontal

Seu córtex pré-frontal atua quando você planeja, adia a gratificação instantânea por um objetivo de longo prazo e avalia as consequências antes de tomar uma decisão. Seu córtex pré-frontal funciona como uma pastilha de freio. Dirigir um carro com pastilhas de freio desgastadas é perigoso porque perde a capacidade de desacelerar ou parar.


É a mesma coisa com o cérebro. O uso da pornografia diminui a massa cinzenta do córtex pré-frontal, diminuindo assim a nossa capacidade de tomar decisões e autocontrole. Quando o córtex pré-frontal está “desgastado”, perdemos a capacidade de desacelerar ou parar, apesar das consequências.


Prazer e Liberação de Dopamina

O caminho da recompensa, também chamado de “sistema de dopamina”, desempenha um papel

vital no comportamento de querer buscar prazer, motivação e satisfação. Quando você realiza uma atividade que faz você se sentir bem, a dopamina é liberada, reforçando o comportamento.


Quando você assiste pornografia, a dopamina é liberada e faz você se sentir bem. Quanto mais

Responsável pelo o comportamento de querer, buscar prazer, motivação satisfação
Dopamina

tempo você passa assistindo, mais dopamina é liberada, reforçando o comportamento e fazendo você desejar e exigir mais acesso ou conteúdos mais extremo. Além disso, cada orgasmo libera mais dopamina, e quando você pensa nessas imagens enquanto faz sexo, reforça ainda mais o comportamento. Este ciclo tornará a pornografia uma prioridade em sua vida e os relacionamentos reais se tornarão menos atraentes para você.



Vínculo e o Sistema Límbico

O sistema límbico, ou o “cérebro emocional,” é responsável pela nossa sobrevivência física e ligação emocional. A estrutura do sistema límbico é moldada e remodelada em resposta à

Responsável pelas nossas emoções e  vínculos
Sistema Límbico

experiência. Desde o momento em que nascemos, a estrutura do nosso sistema límbico é moldada pelas nossas relações e pode mudar significativamente, para melhor ou para pior, através de novas relações mais tarde na vida. O sistema límbico é responsável pelo vínculo e nossa sexualidade tem um componente emocional, portanto, nos vinculamos à pornografia. A pornografia se torna nossa amiga e nosso vínculo com um relacionamento real fica prejudicado. Em outras palavras, nos vinculamos a um objeto em vez de um parceiro real.


A pornografia Afeta o Cérebro Como uma Droga Viciante

O vício em pornografia não é uma questão de força de vontade.

Muitas pessoas podem dizer:

“Tudo que você precisa fazer é parar de assistir”

ou

“Basta colocar um bloqueador em seus dispositivos eletrônicos.”

No entanto, essas três partes do cérebro na pornografia dão uma ideia do poder da pornografia e por que não é fácil parar.

• A incapacidade de desacelerar ou parar apesar das consequências.

• A necessidade de mais conteúdos ou mais extremos.

• O vínculo com a pornografia em vez de um relacionamento real.


Preciso de Ajuda?

Como o cérebro é feito de plasticidade e pode mudar através de novas experiências, não perca a esperança. Recuperação e sobriedade são possíveis!

Se você luta contra o uso compulsivo da pornografia e já tentou parar, apenas para se encontrar novamente no mesmo ciclo, não perca a coragem.

Não lute esta batalha sozinho.


Entre em contato com Renewing Your Mind para iniciar sua jornada de recuperação e sobriedade duradoura.








Palavra-chave: vício em pornografia, pornografia e o cérebro, o córtex pré-frontal - as Pastilhas de Freio, o prazer e a liberação de dopamina, o vínculo e o sistema límbico, seu cérebro na pornografia, recuperação do vício em pornografia, maneiras pelas quais a pornografia afeta o cérebro, o vício em pornografia não é uma questão de força de vontade, o consumo de pornografia altera fisicamente o cérebro


Comments


bottom of page